Apresentada como uma das pioneiras no desenvolvimento de uma potencial vacina para o novo coronavírus, a Moderna Inc., com sede nos EUA, já concluiu com êxito os ensaios da fase 1 de seu candidato a vacina. Sua vacina baseada em RNA é atualmente chamada de mRNA-1273, que utiliza uma abordagem alternativa quando comparada às vacinas tradicionais.


Uma vacina de mRNA carrega a sequência de mRNA, que é a instrução molecular de produzir as proteínas virais e instrui as células a fazê-lo. O corpo produzirá anticorpos para combater o novo vírus. A vacina mRNA-1273 que está sendo desenvolvida pela Moderna Inc. contém a cadeia de mRNA da proteína spike da SARS-CoV-2.


A empresa de biotecnologia afirmou recentemente que o teste realizado em março produziu resultados positivos em 8 pessoas, ao desenvolverem anticorpos protetores contra o vírus.

A empresa agora está planejando um estudo em larga escala para testar ainda mais a eficácia da vacina que está prevista para começar em julho.

Efeitos colaterais da Vacina Moderna

Embora inicialmente, apenas pequenos efeitos colaterais foram observados nos indivíduos, incluindo calafrios, dor local, dor e vermelhidão no local da injeção, um voluntário relatou uma reação grave à vacina Moderna. De acordo com um relatório de uma importante mídia, um voluntário de 29 anos experimentou efeitos colaterais adversos à vacina em potencial, incluindo febre de 39 graus, náusea e músculos doloridos. No entanto, ele também sustentou que, embora estivesse doente, os efeitos colaterais nunca foram “um risco de vida”. É importante observar que o voluntário da vacina recebeu a dose mais alta da vacina candidata.