Uma Pesquisa de opinião da Universidade de Chicago, mostrou que se uma vacina COVID-19 estiver disponível, 20% dos americanos pretendem não se vacinar.

A pesquisa nacional foi realizada de 14 a 18 de maio de 2020, por meio do AmeriSpeak Panel – painel da Universidade de Chicago. 49% dos entrevistados disseram que planejam ser vacinados e 31% não sabem.

De acordo com a análise, os americanos mais velhos estão mais inclinados a expressar que receberão uma vacina contra o coronavírus assim que estiver disponível. Os negros americanos são mais propensos do que outros grupos raciais e étnicos a dizer que não planejam tomar a vacina se ela estiver disponível.

Os resultados da pesquisa mostraram que 79% dos americanos acreditam que uma vacina é um critério importante para reabrir atividades e negócios em sua área, observando 46% dos participantes que acreditam que uma vacina é essencial para a reabertura e 33% indicaram que é importante, mas não essencial.

Aqueles que planejam tomar a vacina estão fazendo isso principalmente para proteger a si e suas famílias, observou a pesquisa. Ainda assim, muitos querem proteger sua comunidade e acreditam que é necessária uma ampla vacinação para que a vida volte ao normal.